E assim quando mais tarde me buscares quem sabe a morte

me morri.

flores-para-capitu:

fui beber poesia,

me vomitei.


fiz da tua voz melodia,
me gozei.

fiz da solidão companhia,
me afoguei.

fiz do cigarro mania,
me incendiei.

fiz do amor cocaína,
e me droguei.

fiz do sol minissaia,
e relevei.

fiz do juramento um vapor,
me contei.

fiz a dor de escudo,
não aguentei.

Eu fiz piada escarlate da vida
e me morri.

não confio em quem põe ponto final no fim da frase

“Que o mundo exploda e leve a alma de todos você embora.”

— x
“Devia fazer diferença para a pessoa quando a gente a ama, não é ?”

Skins.    (via chapaaada)

THEME